Algomais

Avatar

Recife desigual

Pobreza e desigualdade são dimensões distintas do status socioeconômico de uma cidade. A pobreza tem caído no Recife tanto como resultado do crescimento econômico que aumentou, em termos reais, a massa salarial, quanto pela ação de políticas públicas que transferiram renda para pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade. Todavia, a pobreza pode cair sem …

Recife desigual Leia mais »

Por que mudar os nomes das ruas?

Como eram lindos os nomes das ruas da minha infância”…, confidenciava o poeta Manuel Bandeira, enquanto o poeta e compositor Antônio Maria, numa de suas crises de banzo da terra pernambucana, cantava: “Rua antiga da Harmonia, da Amizade, da Saudade, da União… são lembranças noite e dia…”. Os nomes das ruas e demais logradouros de …

Por que mudar os nomes das ruas? Leia mais »

Um Jardim Botânico na cidade

Plantas conhecidas da população, como coqueiro e bananeira, vieram do exterior e foram transplantas em terras olindenses Em Olinda, desde os primeiros anos da colonização, os jardins das ordens religiosas serviram para aclimatação de vegetais exóticos, transplantados para o Brasil, do Oriente, da África e da própria Europa. Depois de devidamente adaptados, esses vegetais exóticos, …

Um Jardim Botânico na cidade Leia mais »

Corporações

Na crise e fora dela toda sociedade tem conflitos de interesse. Faz parte do  jogo democrático mediá-los e conciliá-los com o interesse público. Quando a economia entra em recessão e o sistema político se fragiliza os conflitos se agravam. Em meio ao tumulto político e econômico que se estabeleceu no país, temos observado um conjunto …

Corporações Leia mais »

João Alberto

Brilho Feminino Lana Bandeira é um exemplo de sucesso, brilha em todos os setores em que atua. Sua carreira empresarial começou na Josefinna, junto com Guilhermina Coutinho, uma loja que é referência no setor de calçados femininos. Depois, resolveu usar seus dotes na arte de fazer chocolates e doces. Criou uma empresa que hoje é …

João Alberto Leia mais »

Minhas fotos do Recife e a esperança

Sempre gostei de tirar fotos. No início, usava uma máquina não sofisticada em viagens. Já na era digital, troquei por uma pequena sem filme mas me via invariavelmente entediado e, não raro, exasperado, às voltas com negativos, revelações e álbuns, e, depois, com os terríveis arquivos digitais, sempre desaparecidos em disquetes, HDs, CDs, pen drives …

Minhas fotos do Recife e a esperança Leia mais »