Assine

Outubro Rosa: quanto mais cedo o diagnóstico, maiores as chances de cura

Outubro Rosa: quanto mais cedo o diagnóstico, maiores as chances de cura

Publicado em 04/10/2021 por Revista algomais às 4:00
Médica traz orientações e explica a importância do mês de conscientização e combate

No mês de conscientização e prevenção ao câncer de mama, o Outubro Rosa, a importância de um diagnóstico precoce deve ser destacado. No Brasil, o câncer de mama é o tipo de tumor mais incidente em mulheres e a primeira causa de morte pela doença em todas as regiões.

De acordo com a médica oncologista da Unimed Recife, Penélope Araújo, diagnóstico precoce é a identificação do câncer em estagio inicial, quando o nódulo é bem pequeno. “Essa identificação do câncer de mama se faz através de exames como a mamografia, que deve ser realizada a partir dos 40 anos em todas as mulheres. E deve ser repetido anualmente”, alerta.

Ainda de acordo com a médica oncologista, a possibilidade de se ter o câncer de mama é três vezes maior se a mulher tem casos na família. “Nessa população de maior risco está indicada muitas vezes uma consulta com médico geneticista para avaliar o risco individual e familiar e um acompanhamento com o mastologista ou oncologista”, diz.

Para a oncologista, o Outubro Rosa é importante não só para a conscientização sobre o câncer como estabelecer o rastreio adequado com mamografia anual. “A Organização Mundial da Saúde (OMS) enfatiza a necessidade de ações de comunicação, planejamento, monitoramento e avaliação para o sucesso da estratégia do rastreamento. As etapas do rastreamento vão desde a identificação e o convite às mulheres da população-alvo, de acordo com periodicidade e faixa etária, até a investigação diagnóstica, o tratamento e os cuidados para as mulheres com exames anormais”, pontuou.

Conceito

O câncer de mama é uma proliferação anormal de algumas células da mama que sofrem o processo de malignização e ganham capacidades que não são normais, como crescimento e divisão celular sem controle e até capacidade de invadir tecidos e órgãos próximos, ganhar a corrente sanguínea e ir para outro órgão (metástase).

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »