Entre os dias 29 e 31, o RioMar recebe a segunda edição da EFN –  Entre os dias 29 e 31, o RioMar recebe a segunda edição da EFN –  Começa nesta semana a Expo Franquias Nordeste, no Riomar - Algomais
Assine

Começa nesta semana a Expo Franquias Nordeste, no Riomar
Rafael Dantas

Começa nesta semana a Expo Franquias Nordeste, no Riomar

Publicado em 27/07/2021 por Revista algomais às 4:04
Confira algumas marcas confirmadas no evento. Na Foto, Antônio Rogério, da Ex-Burger. Crédito: Palata de Souza

Entre os dias 29 e 31, o RioMar recebe a segunda edição da EFN – Expo Franquias Nordeste 2021. No evento estarão  em exposição diversas alternativas de negócios em segmentos como saúde, alimentação, educação, imóveis, estética, moda e várias outras. A feira é voltada para empreendedores, profissionais do setor de franquias, fornecedores, franqueados e interessados em novas oportunidades de investimento e expansão de networking.

Confira abaixo algumas das marcas presentes no evento

Ex-Burguer

O nordestino Ademario Santos, que começou na garagem de casa com uma chapa e uma fritadeira, driblou a crise causada pela pandemia da Covid-19 e despontou no Brasil de 7 para mais de 90 lojas de hambúrguer. Ele começou sua jornada após ser demitido de uma rede de supermercado. A garagem da sua casa foi a porta que precisou para apostar e investir na primeira unidade da Ex-Burguer, rede de franquias 100% brasileira, com opção de hambúrguer de até R$3,90.

Focando no formato de delivery para atender a periferia, pois no início da operação empresarial naquele ano, grandes empresas de entrega não atendiam algumas comunidades carentes, o empreendimento de alimentação ganhou ainda mais força no período em que todos precisaram se manter isolados dentro de casa. “Meu desejo é oferecer condição de empreendedorismo entre os habitantes de áreas de periferias de todas regiões. Além da família investir no ramo, a proposta é que o próprio entregador, chapeiros e montadores possam investir futuramente no próprio negócio”, conta Ademario Santos, responsável pela marca que fatura mais de R$1 milhão por mês, com a comercialização de 200 mil unidades de hambúrgueres.

CHIQUINHO SORVETES

A Chiquinho – maior rede de sorveterias do país – participa pela primeira vez da Expo Franquias Nordeste 2021. A marca possui atualmente 11 unidades em operação em Pernambuco, além de quatro em implantação. “Acreditamos no potencial da feira e, a partir dos contatos realizados na EFN, nosso plano é assinar pelo menos dez contratos para cidades como Grande Recife, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, entre outros. A meta do plano de expansão é fechar 2022 com mais 25 franquias na região”, revela Mário Sérgio da Silva, masterfranqueado da Chiquinho na região. Para os interessados em abrir uma franquia da marca, a Chiquinho disponibiliza quatro modelos de negócios: loja tradicional (investimento a partir de R$380 mil); loja de shopping (investimento a partir de R$350 mil); loja básica (investimento a partir de R$290 mil) e formato quiosque (investimento a partir de R$280 mil).

CONSTANCE CALÇADOS


Com a premissa de proporcionar uma nova experiência para as mulheres no mercado da moda, a mineira Constance Calçados atuando no segmento de calçados, bolsas e acessórios femininos. Presente em 19 estados, com mais de 180 lojas, a marca tem uma média de 150 mil clientes atendidos por mês e 2 milhões de calçados vendidos por ano. Mesmo diante da crise econômica ocasionada pela pandemia de Covid-19, a marca inaugurou 33 novas lojas e a estimativa é que esses números continuem crescendo. A previsão é que até o final de 2021, 33 novas franquias sejam inauguradas.

As lojas são compostas por closets com mais de 400 opções entre calçados, separados por numeração, bolsas e acessórios para todas as ocasiões, que trazem o conceito de “Self-Shoes”. Os clientes podem decidir o que experimentar sem a necessidade direta da ajuda de uma vendedora. Outro diferencial da marca é o serviço de delivery oferecido por todas as lojas da rede, em que o cliente pode escolher os itens desejados e recebê-los em casa.

Chocolateria Brasileira

A Chocolateria Brasileira, rede de chocolates finos que tem à frente de suas operações Christian Neugebauer, herdeiro da primeira fábrica de chocolates no Brasil, pretende manter uma estratégia de crescimento baseada em estudos de mercado, que apontou as regiões Norte e Nordeste como sendo as de menor concorrência e com grande potencial para expansão. “Acreditamos que este é o momento certo para participarmos desta feira, pois queremos expandir nosso número de lojas, chegando aos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Amazonas, Acre, Amapá, Roraima e Mato Grosso”, afirma Christian Neugebauer, CEO da Chocolateria Brasileira.

Atualmente, com mais de 20 lojas espalhadas pelos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Pará, Rondônia e no Distrito Federal, a Chocolateria Brasileira oferece dois modelos de negócios: loja e quiosque com cafeteria, com investimento inicial é de R$ 170 mil e R$ 130 mil, respectivamente.

Detroit Steakhouse

A Detroit Steakhouse, que já conta com duas unidades na região, em Salvador e Feira de Santana, na Bahia, participa da feira com o planejamento de crescer em todos os estados do Nordeste. “A EFN é uma excelente oportunidade de apresentarmos todos os pontos positivos da marca e porque crescemos bastante para os potenciais investidores da região. Além de buscarmos bons franqueados em Recife, queremos estar presentes em dezenas de outras cidades da região”, comenta Fábio Marques, sócio-diretor da rede. As próximas cidades que já foram vendidas franquias e em breve teremos novas unidades da Detroit Steakhouse são Aracaju, em Sergipe, e João Pessoa, na Paraíba.

Monitorias

Com menos de um ano no mercado de franquias, a Monitorias já possui 31 unidades em oito estados brasileiros. O investimento acessível (a partir de R$5.990) e de modalidade flexível (plataforma 100% digital) foi motivo de interesse durante a pandemia. “Com os estudantes longe da escola e sem ter uma rotina mais pesada de estudos, houve uma defasagem no aprendizado de muitas crianças e adolescentes”, explica Rafael Rocha, CEO da marca.

“A possibilidade de trabalhar em casa e ter um negócio rentável de baixo custo é o que mais atrai investidores para a franquia. Além de resolver o problema de aprendizagem de diversos alunos, o franqueado tem sua própria carteira de clientes e consegue fazer seus próprios horários”, afirma Rocha. Atualmente, a Monitorias conta com sete mil professores homologados em todo Brasil.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »