Assine

Grupo Moura integra e-Delivery: projeto promete transformar a eletrificação veicular
Rafael Dantas

Grupo Moura integra e-Delivery: projeto promete transformar a eletrificação veicular

Publicado em 16/07/2021 por Revista algomais às 4:25
Empresa é responsável pela montagem dos sistemas de Baterias de lítio para o projeto liderado pela Volkswagen Caminhões e Ônibus

O Grupo Moura passa a integrar o e-Consórcio, que é um projeto da Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) para impulsionar a produção de caminhões elétricos. A empresa pernambucana será responsável pela fabricação dos sistemas de baterias de lítio e seus componentes, em parceria com a chinesa Contemporary Amperex Technology Co. Ltd. (CATL), para os novos veículos. O serviço da marca de Belo Jardim ainda integra contempla a manutenção e pós-vendas, provendo um atendimento local e de qualidade de assistência técnica para este importante componente do e-Delivery.

Produzidos em Belo Jardim com componentes CATL e também com componentes nacionais, os sistemas de baterias atenderão aos modelos e-Delivery de 11 toneladas e 14 toneladas. A bateria utiliza a química Lítio, Ferro e Fosfato (LFP), que se destaca por seu maior tempo de vida útil e maior densidade energética, além de ampla capacidade para suportar ciclos profundos (recargas totais após descargas completas). “Com 63 anos de história a Moura trouxe ao projeto sua expertise e foco em inovação como parte da transformação do mercado veicular do Brasil. Mais uma vez integramos o epicentro da mudança do setor automotivo ao firmar esta importante parceria”, afirma Fernando Castelão, diretor da divisão de lítio da Moura.

Após a produção em Pernambuco, os sistemas seguem para a fábrica da VWCO em Resende, onde a Moura está na linha de produção do caminhão, como parte do Consórcio Modular da empresa. As equipes destinadas para o processo foram treinadas para as demandas específicas da propulsão elétrica, tais como montagem da bateria e comissionamento do veículo de alta voltagem. O comissionamento é quando o veículo elétrico é energizado pela primeira vez, exigindo procedimentos específicos para lidar com tensões superiores a 600V.

Além de toda produção dos sistemas, a Moura junto com a VWCO também deverá viabilizar a destinação final adequada e/ou reciclagem das baterias ao fim da sua vida útil. “A Moura será a responsável por toda cadeia envolvendo as baterias de lítio: do suporte técnico ao projeto, logística e importação de componentes, montagem dos sistemas de baterias e sua instalação nos veículos na fábrica da VWCO seguida da energização dos caminhões, assistência técnica e destinação final.”, destaca Castelão.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »