Assine

Serra Talhada receberá empresarial com investimento de R$ 20 milhões
Rafael Dantas

Serra Talhada receberá empresarial com investimento de R$ 20 milhões

Publicado em 24/11/2021 por Revista algomais às 4:00

Foi apresentado ao mercado neste mês o projeto do JD Trade Center, um moderno empresarial que segue padrões internacionais de construção, que será erguido no sertão do Estado. O empreendimento terá mais de 4 mil metros quadrados e será integrado ao Shopping Serra Talhada, uma operação que já com 70 lojas em operação. O empresarial terá seis pavimentos comerciais com 72 salas, e mais dois residenciais, 28 flats, além de um grande rooftop com vista para a serra.

O projeto é uma parceria entre três empresas locais: a JDS, do Grupo João Duque; a Madeira de Lei Desenvolvimento Imobiliário e a MMEC Engenharia e Construções, em um investimento superior a R$ 20 milhões. O empreendimento irá gerar cerca de 150 empregos diretos e pelo menos 300 indiretos. A previsão é que as obras comecem no início de 2022 e já em 2024 estejam totalmente concluídas.

Hotel Ibis também chegará a região

Este ano foi anunciada, com a participação da JDS e a Madeira de Lei, a construção de um hotel com a bandeira Ibis, da rede internacional Accor, que começa a operar já 2024, um investimento de R$ 20 milhões que promete atrair novos negócios.  “Nosso papel é fomentar, não apenas o crescimento econômico, mas também a geração de emprego, renda e bem estar social do nosso Sertão. Muito me orgulha fazer parte dessa construção e contribuir na conexão de pessoas e negócios, transformando Serra Talhada uma cidade âncora”, diz o empreendedor, Murilo Duque, CEO da JDS.

Conexão de negócios

Os empreendedores entendem que o JD Trade Center é um projeto que mira no futuro, mas que que precisa ser construído agora. “É um marco para região e possibilitará a total conexão entre os equipamentos que fazem parte do HUB local: Shopping, hotel Ibis, aeroporto, Senac, Selfit, Assaí e outros”, afirma o arquiteto Rafael Amaral, que também é empreendedor, como sócio da Madeira de Lei MI.

 

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »