Comércio está otimista com a segunda principal data do ano, diz CDL Recife

Segundo Fred Leal, representante do varejo na capital pernambucana, lojistas do Centro e de bairros apostam nas vendas físicas, virtuais, entrega e outras ações para animar clientes.

Considerada a segunda principal data de vendas no ano, perdendo apenas para o Natal, o Dia das Mães promete amaciar os corações dos consumidores e trazer mais ânimo ao varejo. “Diferente da Páscoa, que aquece alguns setores, o Dia das Mães movimenta o comércio como um todo”, adiantou o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Recife (CDL Recife), Fred Leal. Entre eles, a data aquece principalmente o segmento de beleza, calçados, confecções, eletroeletrônicos, bijuterias, gastronomia e serviços. A expectativa da CDL Recife é que o Dia das Mães incremente em 7% os negócios do varejo da capital pernambucana deste ano, na comparação com o mesmo período de 2021.
Conforme o representante do varejo recifense, o comércio do Centro e de bairros está otimista e já reforçou estoque com variados itens para atender aos diversos gostos e bolsos. E além das vendas físicas, os lojistas também apostam na entrega de itens, negócios on-line, promoções e facilidade na forma de pagamento. Tudo para agradar o freguês. Outra estratégia é atrair os clientes localizados próximos ao estabelecimento.

Pesquisa

Em outras capitais, a expectativa também é de confiança, apesar da inflação e redução do poder de compra da população, que está mais cautelosa. Segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offerwise, 79% dos consumidores pretendem ir às compras. Essa projeção, segundo a sondagem feita em todas as capitais, fica próxima aos 77% apurados em 2021.

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon