Assine

5 Cervejas inglesas que você vai querer dizer: Salve a Rainha! (Por Rivaldo Neto)
Rivaldo Neto

5 Cervejas inglesas que você vai querer dizer: Salve a Rainha! (Por Rivaldo Neto)

Publicado em 11/11/2016 por Revista algomais às 16:30

Entrar em um Pubs inglês e experimentar algumas cervejas disponíveis em seus bicos é um desejo de 10 entre 10 amantes da cervejas. A Inglaterra produz estilos tradicionais, mas com muitos rótulos ousados e muito bem resolvidos, podemos dizer que a terra da Rainha Elizabeth tem uma imensa tradição na produção de cervejas de altíssima qualidade. São cervejas com personalidade, geralmente com um teor alcoólico potente e características marcantes. Ao entrar em pub inglês, o universo parece que para.

“Pub” vem do termo em inglês “Public House” (Casa Pública). São estabelecimentos comuns no Reino Unido (Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte) licenciados para vender bebida alcoólica, oferecendo variedade em cervejas, destilados e vinhos. Nas tradições dos pubs encontram-se também os jogos, como dardos e sinuca. É nesse universo onde os ingleses fazem um happy hour com os amigos, e curtem alguns momentos de descontração.

acbe2c2a1f41750c7557fd3ba54550aa-1

Leia também:

O que é uma cerveja “puro malte”?

10 coisas interessantes que você precisa saber sobre cerveja

Listamos aqui 5 cervejas do Reino Unido que vale muito a pena a gente experimentar:

Vamos começar pela Spitfire, nome dado em homenagem a um caça inglês. Criada nos início dos anos 1990 para celebrar o 50º aniversário da Batalha da Inglaterra (batalha travada em 1940 com a força aérea inglesa contra a nazista). A cerveja é avermelhada e utiliza 3 lúpulos de Kent, lúpulo inglês bem cítrico e excelente para “dry-hopping”, que conferem equilíbrio e aroma floral, 4,5%Vol, amargor alto e um pouco doce no final dando um bom equilíbrio a bebida.

cerveja-shepherd-neame-spitfire-kentish-ale-500ml

Partimos para a Bombardier, “Conhecida como ‘a bebida da Inglaterra’. Essa autêntica cerveja do estilo Premium Bitter tem cor de cobre, aroma picante, meio ácida e frutada, e também um pouco caramelizada, contendo 5,2%Vol. É na verdade uma “Strong Bitter”. Segundo Ronaldo Morado, no livro “Larousse da Cerveja”, as cervejas desse estilo são mais encorpadas, amargas e alcoólicas que outras Bitters tradicionais. Uma curiosidade é que o antigo rótulo e formato da garrafa de Bombardier se modernizou deixando os fãs meio que saudosos em relação ao novo modelo.

034
Garrafa antiga
wells-bombardier-500ml-64264
Nova garrafa

Uma excelente English Brown Ale é a Newcastle Brown Ale, cerveja tradicionalíssima, tem como lema “a cerveja do homem do trabalho”. Tem uma bela cor âmbar, 4,7%vol, espuma bem consistente, com muito gosto de tostados (maltes e cevadas), tem um leve e dulçor um amargor muito bom.

newcastle-brown-bottle

Para mim uma das garrafas mais bonitas do universo das cervejas, e como não podia ficar de fora, uma autêntica English India Pale Ale (IPA), a Mean Time é considerada a tradução fiel do estilo criado para colonizações inglesas na Índia no século 19. A cerveja, que pode ser armazenada por longos períodos, possui notas florais e cítricas, provenientes dos lúpulos Fuggle (amadeirado) e East Kent Golding (cítrico de limão e floral) e possui 7,5%Vol.

13117937_1008002695943906_1584737992_n

Como não podia deixar de ser e impossível não falar da cerveja número 1 do Reino Unido. Intitulada de “Orgulho de Londres”, a London Pride, da cervejaria Fuller’s é uma espetáculo. Aromática, frutada e amarga, 4,7%Vol e possui três lúpulos diferentes: Target (aromático), Challenger (aromático, picante e amargo) e Northdown (lúpulo versátil com características frutadas). É uma cerveja que cai perfeitamente com grelhados, salsichas e costelas ou com um bom molho barbecue. Um verdeiro ícone das cervejas inglesas.

london-pride-8-x-500ml-case

Então saudemos a rainha em sua língua pátria: “God Save the Queen”.


MUNDO CERVEJEIRO

Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2016 anuncia os 15 finalistas e tem pernambucano na final.

As cervejas finalistas da 7ª edição foram escolhidas entre mais de mil inscritas. O estilo escolhido é o Altbier, escolha comemorativa aos 500 anos da lei da pureza Alemã – A Reinheitsgebot.

Desde 2007, o concurso Mestre Cervejeiro Eisenbanh vem consagrando novos talentos e reiterando seu posicionamento de valorizar e democratizar a cerveja especial brasileira. E agora, na sua 7ª edição, a mais tradicional competição do setor anuncia os 15 finalistas da edição 2016.

FINALISTAS:
Adriano Sachweh – Santa Catarina
Alexsander Simões – Paraná
Carlos Eduardo Costa Vanini – Minas Gerais
Carlos Heinz Stahnke – Rio Grande do Sul
Carlos Henrique Pessoa de Menezes e Silva – Espírito Santo
Diego Silva dos Santos – Rio de Janeiro
Gabriel Campana Loureiro – Bahia
Lúcio Rogerio Botelho – Rio de Janeiro
Marco Antonio Valle Agostini – Pernambuco
Márcio Ribeiro Gonsalves – Minas Gerais
Marcus Vinicius Iatslv – Paraná
Rafael Dornelas Coradini – Rio Grande do Sul
Reginaldo Fernando Ravelli – São Paulo
Ricardo de Almeida Lima – Paraná
Vinicius Grigolo – Paraná


netoDiegoNóbrega - Taças de Cerveja (10)

*Rivaldo Neto (rivaldoneto@outlook.com) é designer e cervejeiro gourmet nas horas vagas

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »
  • Flávio Guerra

    Parabéns pela ótima matéria!!!!
    Esperando a próxima.