Assine

Garanhuns tem o primeiro Campo de Lavanda do Nordeste

Garanhuns tem o primeiro Campo de Lavanda do Nordeste

Publicado em 23/09/2021 por Revista algomais às 20:00
Na abertura da primavera, escolhemos falar desta flor que chama a atenção pela sua beleza, cheiro agradável e combina perfeitamente com a cidade do Agreste pernambucano.

*Por Caio Mateus Pessoa, especial para a Algomais

Garanhuns, localizado no Agreste pernambucano, é conhecida como a “Cidade das Flores”. Fazendo jus a esse título, o município tem o primeiro lavandário do Nordeste, o Amar Amara, o qual se encontra na Zona Rural e é idealizada pelo engenheiro agrônomo, escritor e professor universitário Gustavo Pereira Duda. O espaço é aberto mediante agendamento, tem um moinho no estilo holandês, espaço cultural e oferece aos visitantes experiência imersiva sobre tudo da lavanda.

“Ai, Garanhuns, Terra das flores. Aí, saudações quero lhe dar … Tem recantos encantadores …” é assim que a música Cidade das Flores, do grupo garanhuense Vocalistas da Saudade ressalta as belezas da cidade. Também como descrito na canção, o Amar Amara, localizada no Domaine Lengo-Tengo, encanta a todos que veem este tesouro olfativo e colorido do Nordeste. O campo de lavanda criado pelo professor Gustavo Duda nasceu de uma forma despretensiosa como ele mesmo relata:

“A lavanda entrou na minha vida em 2014, quando eu e minha esposa, Erika, fomos à França morar lá e uma amiga minha me mostrou a flor. Quando a cheirei fiquei muito encantado, mas não dei muita importância porque onde se passa naquele país tem lavanda. Quando voltei ao Brasil visitamos uma amiga e lá tinha lavanda, com isso pensei que aquilo estava sendo um sinal e decidi que iria plantar uma muda no meu terreno. Contundo, compramos esta chácara de 2 hectares pensado em ser nosso refúgio e sossego aos finais de semana. O lavandário Amar Amara leva o nome da minha avó materna, Amara Maria da Conceição, que era uma agricultora de mãos cheias e por causa dela resolvi ser engenheiro agrônomo e homenageá-la com o nome do nosso espaço. Domaine em francês significa domínio, propriedade e queria de alguma forma deixar a inspiração da França aqui no Lengo-Tengo é minha canção preferida e um hino do nordestino”.

A construção do lavandário aconteceu aos poucos, começando em 2016, com plantação das primeiras 50 mudas. Hoje já são mais de 3 mil lavandas, girassóis e diversas espécies como Alfazema (Lavandula latifólia), lavanda-francesa (Lavandula dentata) e a lavanda-ingleza (Lavandula agustifolia), essa última tem pouquíssimas plantações no Brasil, a qual conseguiu se adaptar ao clima frio de Garanhuns.

O Domaine Lengo-Tengo foi base de estudos e inspiração o prof. Gustavo Duda escrever um livro sobre lavanda. “Na universidade, os alunos da disciplina de Fertilidade que estudavam algumas práticas como adubação, testes e fazer com que eles aprendessem tudo sobre a lavanda. Já em agosto de 2020 lancei em versão digital o meu livro ‘Lavanda: Como cultivar o ouro azul da Provence’ no qual eu falo como produzir mudas, os mais de 250 tipos desta flor, colheita e destilação para a extração do óleo essencial”.

De acordo com Gustavo Duda, a lavanda pode ser utilizada para fins medicinais como: calmante, sara queimaduras, diminui a ansiedade e algumas espécies podem ser tonificante e estimulante sexual. Na culinária, pode ser usada para fazer pães, brigadeiros, cachaça, vinho e água saborizada. Algumas dessas receitas e propriedades homeopáticas também podem ser encontradas dentro do livro do escritor.

O Amar Amara está aberto para visitação por meio de agendamento e tem preferência em receber grupos por volta de 15 pessoas. O visitante terá direito a uma vivência sobre lavanda, no qual vai aprender todo o processo desta flor. Sobre a visitação, o agrônomo Gustavo Duda fala o que o turista pode esperar. “Na vivência, iremos falar sobre a lavada como é feito a extração do óleo essencial, iremos confeccionar alguns buquês, também haverá uma fogueira que envolve degustação de vinhos e queijos”. O espaço também tem como proposta de realizar saraus com exibição de filmes, música e tudo voltado para a cultura da francesa e nordestina.

Serviço:

O que: Campo de Lavanda Amar Amara

Onde: Zona Rural de Garanhuns

Agendamento: Instagram- @lavanda.amaramara

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »