Assine

Pernambucano será técnico do Brasil em Tóquio

Pernambucano será técnico do Brasil em Tóquio

Publicado em 15/07/2021 por Revista algomais às 4:00
Ismael Marques trabalha como treinador desde 2014, quando se formou pelo UniFBV

Íntimo do atletismo desde os seus 16 anos, quando era atleta e participava de competições estaduais e regionais, o pernambucano Ismael Marques, que tem em sua bagagem mais de 21 anos no esporte, foi convocado para ser treinador da Seleção Brasileira de Paratletismo nas Paralimpíadas de Tóquio, que tem início em 24 de agosto. Embora hoje tenha sido chamado para Tóquio, essa não é a primeira experiência internacional de Ismael. Ele já participou dos Jogos Parapanamericanos de Lima, em 2019, como técnico da Seleção Brasileira.

Tendo passado pelas funções de atleta, apoio técnico, em 2001, e estagiário no NEFD, da UFPE (Núcleo de Educação Física e Desportos – Universidade Federal de Pernambuco), Marques mudou de lado em relação à modalidade e resolveu não ser mais atleta. Há 6 anos virou treinador após se formar noUniFBV, na época FBV, em Educação Física.

E foi logo após se formar, em 2014, que Ismael começou a treinar uma paratleta que foi campeã brasileira no primeiro ano de parceria e bronze nos 100 metros rasos no mundial do Catar. Dois anos depois, em 2016, ela participou da sua primeira paralimpíada, no Rio 2016. “Nesse período, a Ana Claudia Silva bateu diversos recordes nas Américas e hoje se mantém entre as duas melhores do mundo, revezando entre primeiro e segundo lugar.

Ismael carrega vários anos sendo treinador de campeões em disputas do Norte e Nordeste. O NEFD, núcleo onde Marques iniciou sua carreira e é treinador, está entre os cinco melhores clubes do Brasil e conta com treinamento de PCD (Pessoas com Deficiência). “O projeto paratleta da UFPE atende a comunidade estudantil e seus arredores oferecendo várias modalidades esportivas adaptadas desde 2002”, comenta.

O treinador cita como destaque dos jogos um atletas com destaque especial: é o mais rápido do mundo no paratletismo. “O destaque paralímpico da seleção brasileira é o Petrucio Ferreira, da Paraíba. Ele vem como destaque para arrebentar e quebrar recordes”, comemora.

No dia 5 de setembro conheceremos todos os medalhistas da competição. Ismael Marques está confiante em relação aos atletas. “Estamos na expectativa para trazer muitas medalhas e bater recordes de boas colocações. Temos a certeza que daremos nosso melhor”, termina.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »