Assine

Projeções em São Paulo e Recife marcam o primeiro ano da morte do menino Miguel

Projeções em São Paulo e Recife marcam o primeiro ano da morte do menino Miguel

Publicado em 31/05/2021 por Revista algomais às 4:00

Da Change.org Brasil

“O resto da vida sem meu filho”. “Justiça por Miguel”. “Vidas negras importam”.

Quem passar pela Consolação, em São Paulo, ou pelo Recife Antigo, a partir das 18h, de amanhã, dia 1º, verá essas e outras frases projetadas em alguns dos prédios da região. A ação marca o primeiro ano da morte do menino Miguel Otávio Santana da Silva, que tinha apenas cinco anos de idade quando caiu do 9º andar de um prédio de luxo na área central de Recife, Pernambuco, no dia 2 de junho de 2020. A história chocou o país.

A ação é organizada pela maior plataforma de abaixo-assinados online e webativismo do mundo, Change.org. A manifestação tem como objetivo que o caso não caia no esquecimento, além de ser também uma forma de pressionar a justiça a avançar no caso da morte de Miguel, que tramita no Tribunal de Justiça de Pernambuco e está permeado por irregularidades.

A projeção em Recife terá a presença de Mirtes Renata Santana de Souza, mãe de Miguel. Fotos do menino também serão exibidas. “Esse primeiro ano está sendo bem difícil sem o Miguel, mas a gente vai levando, tentando sobreviver, ocupando a mente para não lembrar dos momentos ruins”, conta ela. “Esse ato vai ajudar a pressionar a justiça. O que está acontecendo no processo da morte do Miguel é um desrespeito à memória do meu filho”, lamenta Mirtes.

Em Recife, a projeção acontecerá na Av. Rio Branco 162, no Recife Antigo. Em São Paulo, poderá ser visualizada na Rua da Consolação 753, na Consolação. Ambos, das 18h às 19h.

“Esse um ano sem justiça sobre a morte do menino Miguel escancara o racismo e o abismo social em que vivemos. A dor de uma mãe e a vida de uma criança negra simplesmente não são consideradas pela Justiça”, ressaltou Monica Souza, diretora executiva da Change.org Brasil.

“A petição foi criada na nossa plataforma um dia após a morte de Miguel e chegou à marca de 1 milhão de assinaturas em apenas um dia. Em 48 horas, já havia dobrado de tamanho. O abaixo-assinado é o maior já criado sobre um tema racial em toda a história da Change.org no Brasil. Mirtes Renata se tornou coautora do abaixo-assinado com o objetivo de intensificar a pressão nas autoridades para uma conclusão rápida e isenta do caso, com a adoção das medidas criminais, cíveis e trabalhistas cabíveis, bem como para protestar contra os injustificáveis meses de lentidão da Justiça”, disse Débora Pinho, coordenadora de campanhas na Change.org Brasil.

A CHANGE.ORG

A Change.org hospeda, desde junho do ano passado, um abaixo-assinado criado pela jovem Dani Brito e pela mãe de Miguel, Mirtes, pedindo justiça por Miguel: Change.org/JusticaPorMiguel. A petição tem mais de 2,8 milhões de assinaturas. A CHANGE.ORG A Change.org nasceu há 14 anos a partir do desejo de empoderar cidadãos para gerar mudanças a nível local e global. Desde então, as pessoas descobriram uma nova maneira de criar mobilizações, reunir apoiadores e convencer políticos e autoridades sobre a necessidade de transformar realidades na sociedade.

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »