Palco Giratório traz oito grupos nacionais para Pernambuco – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

Palco Giratório traz oito grupos nacionais para Pernambuco

Com dois espetáculos pernambucanos selecionados para o circuito nacional, “Como Manter-se Vivo?”, de Flávia Pinheiro, e “Segunda Pele”, do Coletivo Lugar Comum, a 21ª edição do Palco Giratório, um dos maiores projetos de artes cênicas em circulação do país, aporta no estado no dia 2 de abril. A programação, que seguirá até o mês de outubro, é caracterizada pela diversidade de expressões e destaca questões presentes na contemporaneidade. Este ano, 29 apresentações do circuito nacional passam por aqui e a grade conta ainda com a presença de cinco espetáculos locais convidados para ações de intercâmbio em 13 cidades, além 128 horas de oficinas e 10 Pensamentos Giratórios.

Nesta edição, o Circuito Especial do Palco Giratório destaca o circo, e tem como homenageado o Palhaço Biribinha, patrimônio Vivo da Cultura Alagoana. “Ter dois grupos pernambucanos circulando o Brasil na programação deste ano do projeto mostra a importância e a qualidade dos trabalhos desenvolvidos aqui para a cena artística nacional”, afirma a professora de Artes do Sesc Pernambuco e responsável pelo projeto no estado, Rita Marize Farias.

O estado vai receber nove grupos dos 20 selecionados pela curadoria nacional. A programação, ao longo do ano, levará ações de intercâmbio artístico ao Recife e aos municípios de São Lourenço da Mata, Goiana, Surubim, Caruaru, Garanhuns, Belo Jardim, Arcoverde, Pesqueira, Buíque, Triunfo, Bodocó e Petrolina. O público poderá ainda conversar sobre o processo de composição e criação com os atores ao término de cada apresentação.

ABERTURA NO MERCADO DE CASA AMARELA – A abertura acontece no dia 2 de abril, às 8h, no Mercado de Casa Amarela com a intervenção urbana “Contato Sonoro”, realizada por Flávia Pinheiro. A performance integra o repertório de circulação nacional e utiliza ações básicas do cotidiano para priorizar o toque e os micromovimentos. O intuito é permitir que cada indivíduo estabeleça uma relação única com o som ao entrar no jogo cênico.

No mesmo dia, às 15h, o Teatro Capiba, no Sesc Casa Amarela, recebe como espetáculo convidado “Meia Noite” com o bailarino Orun Santana. O solo indaga questões ligadas ao corpo, explorando a capoeira como motivador da dança. Logo em seguida, acontece o Pensamento Giratório, espaço para discussão sobre o trabalho dos artistas com Flávia Pinheiro e Orun Santana.

Na terça-feira (3), Flávia Pinheiro leva a montagem “Como manter-se vivo?”, às 20h, para o Teatro Marco Camarotti, no Sesc Santo Amaro. A performance investiga a relação do corpo com a tecnologia e a urgência de permanecer em movimento como processo de sobrevivência, questionando a imaterialidade das relações.

Já no dia 4, das 9h às 12h e das 13h às 16h, será movimentada a oficina “Cascatas Cômicas” no Sesc Casa Amarela com Márcio Douglas, do La Cascata Cia Cômica, de São Paulo. Ainda durante o dia, a Cia dos Palhaços, de Curitiba, apresenta no Sesc Ler São Lourenço da Mata “Concerto Em Ri Maior”, espetáculo de circulação nacional, às 19h. O concerto é uma comédia musical a partir de jogos de improvisação com música. Na peça, o maestro e palhaço Wilson Chevchenco mostra a sua origem russa. Durante a noite a programação segue no Teatro Capiba, com o grupo Violetas da Aurora, convidado local do Palco. O público poderá conferir apresentações curtas de palhaçaria, cada um com personalidade diferente: “Uruba e Lilão”, “Dona Pequena e os Rolamentos”, “Dança, Moroca”, “Sema e os Contatos Imediatos”.

No dia 5, a grade conta a com a oficina da Cia. dos Palhaços no Sesc São Lourenço da Mata, das 9h às 15h. Às 20h, é a vez do La Cascata Cia Cômica subir o palco do Teatro Capiba com o espetáculo de circulação nacional “Animo Festas”, às 20h. Encenado por Marcio Douglas, criador da companhia, a montagem narra o universo do palhaço na figura sombria de Klaus. Com humor ácido, coloca em cena a reflexão sobre questões como o valor do trabalho artístico, a felicidade e a sobrevivência. O dia seguinte (6) é reservado para o Pensamento Giratório entre La Cascata Cia Cômica e o Violetas da Aurora, às 14h. À noite, o La Cascata apresenta “Kung Fu Clowns na Comedoria do Sesc Casa Amarela.

Aldeia Vale Dançar – Braço cultural do Palco Giratório, as Aldeias recebem ações de várias linguagens artísticas e ações formativas, potencializando a cadeia da produção artística local, como atores, produtores e espectadores. De 23 a 27 de abril, a cidade de Petrolina vai sediar a Aldeia Vale Dançar. A programação será aberta no Teatro Dona Amélia com Looping: Bahia Overdub às 20h. No dia 24, acontecerá a oficina “Looping e Overdub: Pensamento Sonoro e Pensamento Coreográfico”, das 9h às 13h, e a tarde, o Pensamento Giratório com Felipe Assis (Bahia), Orum Santana (Recife) e Antonio Pablo (Petrolina) e mediação de André Vitor Brandão.

No dia 25, a Aldeia recebe uma ação formativa de circulação nacional com o Ateliê do Gesto, de Goiás, das 9h às 13h, no Sesc Petrolina, e no dia 26, o grupo apresenta a montagem “O Crivo” no Teatro Dona Amélia, que fica na Unidade. Inspirado na obra Primeiras Estórias, do escritor João Guimarães Rosa, dois interpretes do grupo criam relações que só revelam à medida que atravessam suas estórias, o SER-TÃO. Já o último dia de atividade (27), será marcado pelo Pensamento Giratório entre Ateliê do Gesto e o Coletivo Trippé, da região, com mediação de Alexandre Santos.

O Palco – Iniciativa do Sesc, voltada a difusão e intercambio de artes cênicas, o projeto é nacional e traz este ano programação com 625 apresentações artísticas e mais de 1.600 horas de oficinas. As atividades vão acontecer em 132 cidades de 26 estados e o Distrito Federal. Participam grupos das cincos regiões brasileiras com a proposta de destacar questões presente na contemporaneidade por meio da arte.

Aldeias – São organizadas pelos Departamentos Regionais do Sesc durante a passagem de espetáculos do projeto pelas regiões. Nesta edição, serão desenvolvidas duas ações: Aldeia Vale Dançar, de 23 a 27 de março, em Petrolina, de 17 a 25 de maio a Aldeia Princesa do Araripe, em Araripina, e de 3 a 10 de agosto, a Aldeia Velho Chico, em Petrolina.

Circuito especial – Nesta edição, o Palco destaca o circo e homenageia o Palhaço Biribinha, encenado por Teofánes Antônio Leite da Silveira, e Patrimônio Vivo da Cultura Alagoana. Ele tem histórico de engajamento e resistência para com as artes circenses no Brasil.

Serviço:

Palco Giratório

Informações: www.sescpe.org.br

Espetáculos no Teatro Marco Camarotti e Capiba – R$ 10 (comerciário, dependente e meia) e R$ 20 (público em geral)

Programação de abril

2/4 – 8h – Contato Sonoro, com Flávia Pinheiro (PE) – Repertório da circulação nacional – Mercado de Casa Amarela

2/4 – 15h – Meia Noite, de Orun Santana (PE) – Espetáculo convidado – Teatro Capiba – Sesc Casa Amarela

2/4 – 16h – Pensamento Giratório: Flávia Pinheiro (PE) e Orun Santana (PE). Sala de Dança do Sesc Casa Amarela

3/4– 20h – Como manter-se vivo?, de Flávia Pinheiro (PE) – Espetáculo da Circulação Nacional – Teatro Marco Camarotti/ Sesc Santo Amaro

4/4– 20h – Uruba e Lilão / Dona Pequena e os Rolamentos / Dança, Maroca / Sema e os Contatos Imediatos, do Violetas da Aurora (PE) – Espetáculo convidado – Teatro Capiba – Sesc Casa Amarela

4/4 – 09h às 12h/13h às 16h – Oficina Cascatas Cômicas – com Márcio Douglas La Cascata Cia Cômica (SP) – Ação formativa da Circulação Nacional – Sala de Dança – Sesc Casa Amarela

4/4– 19h – Concerto Em Ri Maior – Cia Dos Palhaços (PR) – Espetáculo da Circulação Nacional – Sesc Ler São Lourenço da Mata

5/4– 9h às 15h – Oficina – Cia Dos Palhaços (PR) – Ação formativa da Circulação Nacional – Sesc Ler São Lourenço da Mata

5/4 – 20h – Animo Festas – La Cascata Cia Cômica (SP) – Espetáculo da Circulação Nacional – Teatro Capiba – Sesc Casa Amarela

6/4– 14h – Pensamento Giratório – La Cascata Cia Cômica (SP) e Violetas da Aurora (PE) – Ação formativa da Circulação Nacional

6/4– 18h – Kung Fu Clowns – La Cascata Cia Cômica (SP) – Repertório da circulação nacional– Comedoria do Sesc Casa Amarela

13/4 – 20h – Segunda Pele – Coletivo Lugar Comum (PE) – Espetáculo da Circulação Nacional – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

14/4– 16h – Motim – Coletivo Lugar Comum (PE) – Performance de Rua – Repertório da Circulação Nacional. Saída da Rua do Hospício.

14/4– 20h – Ombela, Grupo O Poste Soluções Luminosas (PE) – Espetáculo convidado para intercâmbio – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

15/4– 20h – Farinha com açúcar ou sobre a sustança de meninos e homens – Coletivo Negro (SP) – Espetáculo da Circulação Nacional – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

16/4– 9h às 13h/ 14h às 18h – Ação de Intercâmbio: Coletivo Negro (SP) e o Grupo O Poste Soluções Luminosas (PE) – Ação formativa da Circulação Nacional – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

17/4– 15h – Pensamento Giratório: Coletivo Negro (SP) e o Grupo O Poste Soluções Luminosas (PE) – Ação formativa da Circulação Nacional – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

18/4– 20h – Looping: Bahia Overdub – com Felipe Assis, Leonardo França E Rita Aquino (BA) – Espetáculo da Circulação Nacional – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

19/4– 20h – Tijolos do Esquecimento – Acupe Grupo de Dança (PE) – Espetáculo convidado para intercâmbio – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

20/4– 9h às 13h/ 14h às 18h – Ação de Intercâmbio: Felipe Assis, Leonardo França E Rita Aquino (BA) e o Acupe Grupo de Dança (PE) – Ação formativa da Circulação Nacional – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

21/4– 9h às 13h – Oficina 4H: “Práticas Colaborativas e Mediação Cultural”com Rita Aquino (BA) – Ação formativa da Circulação Nacional – Sesc Santo Amaro

21/4– 15h – Pensamento Giratório: Felipe Assis, Leonardo França e Rita Aquino (BA) e o Acupe Grupo de Dança (PE) – Ação formativa da Circulação Nacional – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

25/4 – 20h – Alguém para fugir comigo – Coletivo Resta 1 de Teatro (PE) – Espetáculo convidado para intercâmbio –Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

26/4 – 20h – Fauna – Quatroloscinco Teatro Do Comum (MG) – Espetáculo Circulação nacional – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

27/4– 9h às 13h/ 14h às 18h – Intercâmbio: Quatroloscinco Teatro Do Comum (MG) e o Coletivo Resta 1 de Teatro (PE) – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

28/4 – 15h – Pensamento Giratório: Quatroloscinco Teatro Do Comum (MG) e o Coletivo Resta 1 de Teatro (PE) – Ação formativa da Circulação Nacional – Teatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon