Porto Musical traz shows, oficinas e debates a partir de hoje

Na semana que antecede o Carnaval, nos dias 1º, 2 e 3 de fevereiro, no Bairro do Recife, acontece o Porto Musical, que une trabalho, folia e negócios. Haverá discussões sobre o mercado da música, com showcases e mesas, numa programação aberta ao público.

Nomes como Uana, Luiz Lins, Afoxé Oxum Pandá, Cátia de França, e o grupo internacional de afro-soul, Jembaa Groove participam do evento que também contará com conferências e oficinas. Uma das facetas do Porto Musical é o projeto Porto Visita que visa descentralizar formações e discussões, levando a capacitação musical diretamente às comunidades do Recife. Afroito, Barbarize e Kananda PX, nomes que trilharam esse caminho transformador, estarão presentes na mesa de abertura.

O Porto também abraça a história da música brasileira ao dedicar uma mesa especial aos 30 anos do movimento Manguebeat. Nomes como Louise, Cannibal e Karina Buhr, moderados por Paulo André Pires, unem-se para uma reflexão sobre as raízes e o legado deste movimento que desafiou as convenções e moldou gerações. Destaque para uma figura inovadora na indústria musical brasileira, Evandro Fióti, que integra a grade e participa de uma conferência. Músico, produtor, compositor e vencedor do Grammy Latino 2020 com o álbum AmarElo de Emicida, Fióti compartilhará insights sobre sua jornada multifacetada e sua visão sobre o estado atual da música no Brasil.

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon