Recife ganha Clínica de Reabilitação e Cuidados Paliativos

Com uma proposta de cuidado integral de pacientes e seus familiares, em suas dimensões física, psicológica, espiritual e social, chega no Recife a Clínica Florence. A clínica de transição especializada no tratamento de pacientes em Reabilitação e Cuidados Paliativos dá início a suas operações na cidade no mês de dezembro. O espaço fica localizadao no bairro das Graças, no Pátio Rui Barbosa, com 76 leitos. Essa é a primeira unidade da Florence fora de Salvador (BA), o que dá início a sua expansão para outras capitais do Nordeste brasileiro.

A clínica conta com uma equipe médica e de enfermagem 24 horas por dia, os sete dias da semana. Os médicos diaristas de diversas especialidades possuem formação em terapia intensiva (cuidados pós-agudos), geriatria, clínica médica ou cuidados paliativos. A coordenação médica da Unidade da Florence em Recife é da Dra. Lívia Interaminense, geriatra e paliativista. Também há uma equipe interdisciplinar composta por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, nutricionistas, farmacêuticos, serviço social e de psicologia.

“Ao longo dos últimos quatro anos, a Florence tem impactado a qualidade de vida de muitos pacientes e familiares, sendo motivo de orgulho para o seguimento de saúde na Bahia. Neste contexto, nossa aspiração de crescimento se torna um dever, uma obrigação de levar o Jeito Florence para mais pessoas”, afirma Dr. Lucas Andrade, médico, idealizador e CEO da Clínica Florence. “A chegada em Recife é motivo de grande entusiasmo. É um sonho nascido ainda no primeiro ano, quando constatamos o impacto que podemos ter na vida de pacientes e familiares nos momentos mais delicados”, complementa.

A Florence atende pacientes, em sua maioria procedentes de hospitais gerais, com indicação de cuidados multidisciplinares complexos, com intuito de reabilitação intensiva (funcional e adequação de cuidados), redução da complexidade dos cuidados, capacitação de familiares e controle de sintomas em todas as suas dimensões.

A estrutura física foi construída oferecendo uma acessibilidade completa, com banheiros amplos e adaptados, janelas baixas e corrimões duplos, corredores, portas e elevador que possibilitam o acesso dos pacientes cadeirantes ou acamados. Os 76 quartos são privativos, com iluminação e ventilação naturais e possibilidade de customização através de mural de fotos e desenhos. A Florence atende os principais convênios do país e de forma particular. Com investimentos de mais de R$ 20 milhões, o empreendimento vai gerar cerca de 250 empregos diretos. Para conhecer mais sobre a Clínica e conferir as vagas de emprego disponíveis, os interessados devem acessar o site www.clinicaflorence.com.br.

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon