Tramontina inaugura fábrica em Pernambuco e cria 300 empregos diretos – Revista Algomais – a revista de Pernambuco
Gente & Negócios

Gente & Negócios

Rafael Dantas

Tramontina inaugura fábrica em Pernambuco e cria 300 empregos diretos

Novo empreendimento abre mais 300 vagas de emprego. ((Fotos: Heudes Regis/SEI))

A nova fábrica de porcelana da Tramontina foi inaugurada ontem (17), em Moreno. A indústria produzirá porcelanas de mesa (pratos, travessas, xícaras e pires). A planta pernambucana cria 300 novos postos de trabalho. O terreno que abriga a planta da Tramontina foi doado pelo Governo do Estado. Serão mais de 200 novos produtos entre pratos, xícaras, pires, canecas, saladeiras e travessas, somados ao portfólio de mais de 22 mil itens da indústria centenária.

“Fico muito feliz em saber que estamos inaugurando, aqui, mais uma fábrica da Tramontina. Ninguém faz o maior investimento da história do grupo empresarial em uma região se não confiar no Estado e nas instituições que funcionam no Estado. A gente vê que essa confiança existe e confirma que investir em Pernambuco vale a pena”, afirmou o governador Paulo Câmara, que esteve presente no evento de abertura. Participaram da inauguração o presidente da Tramontina, Clovis Tramontina; o diretor do conselho da empresa, Ildo Paludo; o presidente da Ferreira Costa, Guilherme Ferreira Costa; os prefeitos João Campos (Recife) e Edmilson Cupertino (Moreno); a vice-prefeita do Recife, Isabella de Roldão; além do secretário de Desenvolvimento Econômico do Recife, Rafael Dubeux, e do presidente da Câmara dos Vereadores do Recife, Romerinho Jatobá.

O diretor-executivo da Tramontina, Rui Baldasso, enfatizou os motivos pelos quais a empresa optou por Pernambuco para instalar sua nova unidade. “Nós gostamos muito da região e já percebemos, em outros projetos, que temos mão de obra especializada, além de um porto aqui ao lado, que facilita muito a exportação, e nós exportamos para uns 120 países”, disse Baldasso. A partir das palavras do executivo, foi revelado que a empresa atuará para atender demandas do mercado nacional e internacional.

A unidade possui capacidade de produção de 46 mil peças por dia e tem uma operação apoiada por inteligência artificial e robotização. As máquinas da fase de conformação determinam o melhor arranjo das peças nos fornos, cujo carregamento e o descarregamento é feito com base em uma lógica pré-estabelecida, preservando a estabilidade térmica do equipamento. O sistema de abastecimento para fase de esmaltação é pré-dimensionado em função das características de cada produto. Além disso, a utilização de energia, ar comprimido, gás e água é monitorada remotamente e também pode ser regulada a distância. A nova fábrica ocupa uma em área de 54.318,51 m².

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon