Assine

Conselho de Biologia debate impacto ambiental e econômico do Arco Viário Metropolitano

Conselho de Biologia debate impacto ambiental e econômico do Arco Viário Metropolitano

Publicado em 27/07/2021 por Revista algomais às 4:00
Live acontece no dia 27 de junho, às 19h30, no canal do Conselho no YouTube

Para trazer a perspectiva do impacto ambiental do Arco Viário Metropolitano e de como a situação afeta economicamente o estado e as pessoas no projeto atual, o Conselho Regional de Biologia da 5ª Região (CRBio-05) promove um debate no próximo dia 27 (terça-feira), às 19h30, no canal do CRBio-05 no YouTube.

A live leva o tema “Prevenir ou compensar? Arco Viário Metropolitano, biodiversidade e economia de Pernambuco”, com mediação da conselheira secretária do CRBio-05, Rachel Lyra.

O ponto principal da discussão é em relação ao trecho que vai da BR 101 Norte à BR 404, no limite de Paudalho/São Lourenço. Essa extensão causa um impacto ambiental prejudicial não só pela mata, mas pelas nascentes ribeirinhas.

“O grande objetivo do CRBio-05 é contestar o impacto ambiental de um dos traçados do Arco porque ele passa justamente pela Área de Proteção Ambiental (APA) Aldeia Beberibe. O projeto atual impacta diretamente na fauna e na flora”, ressalta a representante do CFBio e do CRBio, Eduarda Larrazabal.

O encontro virtual terá a presença de oito convidados/as: secretária Executiva da Semas/PE, Inamara Mélo; presidente do Conselho Federal de Biologia (CFBio), bióloga Maria Eduarda Lacerda Larrazábal; professora Bruna Bezerra e professor Enrico Bernard, ambos do Departamento de Zoologia da UFPE; Yuri Marinh, gestor do Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (CETAS Tangara); professoras Ednilza Maranhão e Ana Carolina Lins e Silva, ambas da UFRPE; Cinthia Lima, analista ambiental da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e gestora da APA Aldeia Beberibe.

“Entre as pautas da discussão estão a situação atual dos planos para o Arco Viário Metropolitano, o impacto de estradas na fauna, o custo de reabilitação da fauna de Pernambuco, o uso sustentável e o território da Mata Atlântica em Pernambuco – manutenção da vida/agroecologia, estoque x perda de carbono e a construção do Arco Viário Metropolitano, estradas, colisões e pandemias e o papel da APA Aldeia Beberibe para Pernambuco”, destaca Eduarda Larrazabal.

Arco Viário Metropolitano

Projeto que nunca saiu do papel, o Arco Metropolitano é discutido há 20 anos com o objetivo de desafogar a Região Metropolitana do Recife (RMR). Ele pretende ligar Igarassu ao Cabo de Santo Agostinho. Novamente no centro das discussões, o Conselho Regional de Biologia da 5ª Região (CRBio-05) reforça que é preciso respeitar o meio ambiente, com sustentabilidade.

SERVIÇO

Tema: “Prevenir ou compensar? Arco Viário Metropolitano, biodiversidade e economia de Pernambuco”

Data: 27/07/2021

Horário: 19h30

Canal: YouTube do CRBio-05 (https://bit.ly/3Bwtmx1)

Para continuar lendo:
Tenha acesso a 5 textos
gratuitos todo mês
Cadastre-se gratuitamente »
Aproveite todo conteúdo da Revista Algomais sem limites
Assine »