Virtuosi Brasil volta aos palcos do Recife nesta quinta-feira (12)

Décima quarta edição do festival começa nesta quinta, 12, no Teatro Luiz Mendonça e homenageia o Maestro Rafael Garcia

Com incentivo do Sistema de Incentivo à Cultura – SIC através da Fundação de Cultura Cidade do Recife e Secretaria de Cultura da Prefeitura do Recife, o VIRTUOSI BRASIL chega à sua 14ª edição, nesta quinta-feira (12). Após edições especiais online nos últimos dois anos, o Virtuosi retoma sua programação anual de eventos de forma presencial nos palcos do estado. O festival é filiado à Abrafin e tem produção executiva da Coda com realização da Virtuosi Sociedade Artística.

A volta do VIRTUOSI BRASIL está programada para esta semana, 12, 13 e 14 de maio de 2022, no Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu – Boa Viagem), onde o público poderá apreciar recitais com exímias instrumentistas da música de concerto. Em cada noite de apresentações, que contam com entrada gratuita, será possível conferir os trabalhos do QUARTETO BOULANGER, da harpista CRISTINA BRAGA e da pianista JULIANA STEINBACH.

Com direção artística de Ana Lúcia Altino, o XIV VIRTUOSI BRASIL vem apresentando espetáculos protagonizados por instrumentistas e solistas femininas.
“Pela primeira vez e por causa da morte de Rafael Garcia, eu assumo a direção artística do festival e procurei enfatizar a instrumentista profissional mulher encontrando grandes nomes da música clássica. Sendo minha primeira vez dirigindo a parte artística fiz questão de que todo cenário fosse feminino”, revela Ana Lúcia.

Convocatória – O VIRTUOSI BRASIL neste ano abre espaço em sua programação para solistas através de uma convocatória inédita. Destinada a revelar instrumentistas do Nordeste, a seletiva recebeu propostas de apresentações de vários músicos e de diversos estados da região. Selecionados por esta convocatória, a violista Raquel Paz, o violoncelista Rodrigo Prado e o violonista Carlos Alberto da Silva do Duo Pessoa da Silva terão a oportunidade de apresentarem seus trabalhos e performances no Teatro Luiz Mendonça abrindo cada uma das noites de programação.

Natural de Igarassu, a violista Raquel Paz iniciou seus estudos musicais aos nove anos de idade, ingressando em 2014 no Centro de Criatividade Musical. Em 2015 ingressou no Bacharelado em viola na UFPE. Participou de diversos festivais nacionais e internacionais desde 2016, também destacando-se como semifinalista no Programa Prelúdio da TV Cultura em 2018 e obtendo menção honrosa na II edição do concurso Jovens solistas da Orquestra Criança Cidadã. Foi chefe de naipe em 2017 na Round Top Music Festival no Texas/EUA e em 2019 na Orquestra Sinfônica Mozarteum Brasileiro (OAMB).

Rodrigo Prado é formado pela Faculdade Santa Marcelina tendo se inclinado para o lado da música contemporânea. Possui experiência com orquestra, música de câmara, eletrônica mista, improvisação, música popular, em conjunto de balé e teatro. Estreou diversas obras para violoncelo dedicadas a ele, trabalhando em colaboração com compositores brasileiros. Recentemente se apresentou na 24ª Bienal de Música Brasileira Contemporânea no Rio de Janeiro.

Formado pelos músicos Carlos Alberto da Silva (bandolim e violão) e João Paulo Pessoa (violão), o Duo Pessoa da Silva desenvolve um trabalho de pesquisa e transcrição e apresenta um repertório variado, mesclando valores eruditos e elementos populares de culturas diversas. O duo tem se dedicado a transcrever e executar sonatas para solista e contínuo de Domenico Scarlatti, além de obras de J.S. Bach, Astor Piazzolla, Egberto Gismonti, Luiz Bonfá, e Heitor Villa-Lobos.

Masterclasses – A programação do VIRTUOSI BRASIL ainda traz uma série de masterclasses no Teatro Luiz Mendonça nos dias 12 e 14 de maio pela manhã com a presença de instrumentistas renomadas mundialmente nas categorias de cordas e piano. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de forma online: https://www.virtuosi.com.br/masterclasses-xiv-virtuosi-brasil.

Os participantes selecionados para participar das masterclasses deverão escolher uma obra para executar e receberão mentoria e certificados por sua participação. Estas atividades também estarão abertas aos interessados em participar como ouvintes.

Atrações – O nome do grupo QUARTETO BOULANGER é uma homenagem a uma das maiores mulheres da História da Música, a compositora, regente e professora Nadia Boulanger (França, 1887-1979). E apesar de cada uma de suas integrantes ter nascido em países diferentes, as quatro acabaram se encontrando no Brasil por meio da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

O quarteto é formado pelas musicistas Jovana Trifunovic (Violino/Sérvia), Flávia Motta (Viola/Brasil), Lina Radovanovic (Violoncelo/Sérvia) e Ayumi Shigeta (Piano/Japão), todas com vasta experiência internacional e convivência de quase uma década juntas. Cada vez mais inspiradas em Boulanger, as componentes do Quarteto têm buscado, com suas visões e ideias sobre o trabalho musical em nível de excelência, incrementar a pesquisa e a divulgação do campo composicional feminino para sua formação musical.

A harpista e cantora CRISTINA BRAGA tem sido grande responsável pela divulgação de uma harpa brasileira de jazz no mundo. Com um trabalho consistente, mostrou que seu instrumento também tem alma popular, tocando samba, choro e bossa. Participou de inúmeros projetos de música clássica e popular com a mesma desenvoltura.

Cristina tem 16 discos gravados, alguns lançados também na Europa, Japão e EUA. Tocou com as divas eternas Nara Leão, Ana Carolina e Zizi Possi, colocou harpa no rock nacional acompanhando os Titãs, e participou de apresentações ao lado de Lenine. Foi convidada por Roberto Menescal e Andy Summers (The Police) para uma participação especial no DVD United Kingdom of Ipanema.

De João Pessoa para o mundo. Assim é a trajetória da pianista JULIANA STEINBACH que começou seus estudos musicais na França aos cinco anos de idade. Diplomada dos Conservatórios de Musica de Lyon e Paris, da Accademia Pianistica de Imola na Italia e da Juilliard School de Nova York, Juliana se formou com ilustres pedagogos do piano internacional.

A pianista é laureada de vários concursos internacionais e é solista convidada de numerosas orquestras na Europa e no Brasil. Juliana Steinbach é ainda a fundadora e diretora artística de dois festivais na Borgonha e na Transylvânia. Sua discografia inclui três albums solos com obras de Liszt, Mussorgsky e Debussy e várias gravações de música de câmara.

Homenagem – Falecido em outubro do ano passado, o maestro Rafael Garcia criou o festival Virtuosi ao lado de sua esposa, a pianista Ana Lúcia Altino. À frente de mais de 200 concertos, apresentando em primeira audição local, regional, nacional e até mesmo internacional obras de diversos graus de dificuldade, o maestro Rafael ainda compartilhou seu conhecimento com novas gerações através da Orquestra Jovem de Pernambuco em apresentações tanto na capital quanto no interior do estado.

Chileno de nascença, mas pernambucano de coração, Rafael Garcia ganhou título de Cidadão Pernambucano pela Assembleia Legislativa em 2005 por seu histórico na música local em inúmeros serviços prestados à cultura. Este imenso amor ao estado o fez recusar ofertas de trabalho em orquestras da Suécia, Alemanha e em outros países da Europa para se radicar no Recife ao lado da esposa construindo uma família com filhos e filha e vários netos e netas.

Histórico – O VIRTUOSI, que hoje é um dos maiores festivais de música de câmara do Nordeste começou sua história em 1998. Com apenas duas noites de concerto em sua primeira edição, o evento foi crescendo ao longo dos anos até conquistar um nome nacional. O festival foi criado pelo casal Altino Garcia, incansáveis batalhadores pelo desenvolvimento da música no Brasil. Rafael e Ana Lucia Garcia acreditaram que somente através de um evento desta natureza seria possível fazer música da mais alta qualidade.

Com isso, o VIRTUOSI trouxe grandes personalidades e artistas talentosos, contribuindo para o desenvolvimento e enriquecimento cultural do país. Já realizaram mais de 20 edições do festival em Pernambuco com edições também no interior do estado nas cidades de Gravatá, Garanhuns e Belo Jardim, além de realizarem eventos especiais como o Virtuosi Brasil, Virtuosi Sem Fronteiras e Virtuosi Século XXI com masterclasses, workshops e concertos com instrumentistas de várias nacionalidades.

XIV VIRTUOSI BRASIL
Local: Teatro Luiz Mendonça – Parque Dona Lindu – Boa Viagem – Recife / PE
Datas De 12 a 14 de maio de 2022
Programação:
Quinta – 12/maio – 19h30
Raquel Paz, viola
Quarteto Boulanger, cordas e piano

Sexta – 13/maio – 19h30
Rodrigo Prado, violoncelo
Cristina Braga, harpa

Sábado – 14/maio – 19h30
Duo Pessoa da Silva, bandolim e violão
Juliana Steinbach, piano

Entrada Gratuita
OBS.: Os ingressos podem ser retirados 1h antes do espetáculo em cada dia

Incentivo: SIC – Sistema de Incentivo à Cultura, Fundação de Cultura Cidade do Recife e Secretaria de Cultura da Prefeitura do Recife
Filiado: Abrafin
Produção Executiva: Coda Produções
Realização: Virtuosi Sociedade Artística
Mais informações: www.virtuosi.com.br | (81) 3355-9821

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon